AVISO URGENTE: Prefeitos dos municípios goianos

Dando continuidade ao trabalho liderado pelo Instituto Rui Barbosa (IRB), com apoio da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil( ATRICON), o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCM GO) convoca os prefeitos(as) dos 246 municípios goianos a participarem do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM Nacional).

Instituído pela Rede Nacional de Indicadores Públicos (REDE INDICON), o IEGM Nacional é considerado o maior estudo de gestão pública do país, o qual permitirá ao TCM GO, seguindo uma mesma metodologia, avaliar a efetividade e resultados de políticas públicas.

O Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM/TCMGO) será apurado de forma anual e será composto por sete indicadores setoriais do orçamento público, a saber:

I. Educação;
II. Saúde;
III. Planejamento;
IV. Gestão Fiscal;
V. Meio Ambiente;
VI. Cidades Protegidas;
VII. Governança em Tecnologia da Informação.

Para tanto, deverão os Gestores do Poder Executivo, em caráter obrigatório, preencher o questionário referente ao Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM/TCM GO),  disponibilizado por este Tribunal, no portal do IEG, no endereço: www.tcmgo.tc.br/iegm.

A aplicação do questionário referente ao Índice de Efetividade da Gestão Municipal se dará exclusivamente de forma eletrônica, sendo disponibilizado pelo TCM um código eletrônico (token) para cada dimensão, o qual será enviado ao email do Gestor do Poder Executivo (email cadastrado na chave eletrônica para a prestação de contas) até o dia 15 de junho de 2016.

 

Prazo 

O questionário deve ser preenchimento, impreterivelmente, de 16 de junho a 30 de julho de 2016 Portal do IEGM.

Destacamos que a comprovação da resposta do questionário será documento obrigatório quando da entrega da prestação de contas do Poder Executivo do 1º semestre do exercício de 2016 e seguintes. O Tribunal prestará aos jurisdicionados o suporte técnico necessário para o preenchimento do questionário.

Contamos com a sua participação !

 

Tribunal de Contas dos Municípios  do Estado de Goiás 

 

Goiânia, 5 de julho de 2016.