Tamanho da fonte: A A A

Contraste: Libras:

Diretrizes para o teletrabalho nos TCs

O Comitê Técnico de Gestão de Pessoas do IRB, coordenado pelo presidente Joaquim de Castro (CNPTC/TCMGO), lançou as “Diretrizes Nacionais para o Teletrabalho nos Tribunais de Contas”. O documento é resultado de importante pesquisa a respeito do impacto do trabalho remoto, realizada pelo comitê com o apoio do CNTPC e ATRICON, que contou com a participação de 7.500 servidores de todos os Tribunais de Contas do Brasil. A pesquisa evidenciou a relevância e oportunidade da elaboração de diretrizes específicas, que abrangem os distintos aspectos do trabalho remoto, tais como: as condições físicas e emocionais dos servidores, a estrutura física e tecnológica necessária, aspectos de gestão, liderança, aferição de desempenho e competências necessárias à boa execução desse regime de trabalho. O objetivo das “Diretrizes” é elencar norteadores para contribuir com a implementação segura e sustentável da política de teletrabalho no âmbito dos Tribunais de Contas do Brasil.

Acesse aqui o documento.